quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Advogados denunciam mais irregularidades na eleição da OAB/PA

A polêmica eleição da Ordem dos Advogados do Brasil – Secional Pará ganhou mais um capítulo no início da tarde. Os advogados adeptos à Chapa 2 “Pela Honra. Pela Ordem”, liderada por Avelina Hesketh e Osvaldo Serrão, estão sofrendo constrangimento para votar. Eles estão sendo obrigados a comprovarem que estão adimplentes com a Ordem e votam em urnas separadas. Pelo menos 10 advogados sofreram com isso nesta quarta-feira (21).

Declaração Negativa de Débito
“Fiquei mais de uma hora na fila para pegar uma declaração negativa de débito com a OAB/PA, quando fui atendida no Financeiro, o rapaz me disse que eu estava apta. Voltei com a certidão para a seção, onde retiveram o documento e não me entregaram nenhuma comprovação. Votei em uma urna separada sem nenhuma garantia de validade”, contou a advogada Conceição Cei, que quitou a anuidade em março. Avelina Hesketh avalia o fato como algo preocupante. “É muito estranho que isso esteja acontecendo só com os adeptos à chapa de oposição à atual gestão. São todos votos declarados para a nossa chapa”, afirmou.

ATENÇÃO - COMUNICADO URGENTE! ELEIÇÕES NA OAB/PA MANTIDA. LIMINAR REVOGADA.

A liminar que suspendeu as eleições na OAB/PA deferida pelo Juíz Federal da 5ª Vara da Seção Judiciária do Pará, suspendendo as eleições por 72 horas, diante das irregularidades identificadas no processo eleitoral foi revogada. As eleições estão mantidas. O horário de votação será das 11 Ààs 19h.

EXERÇA SEU VOTO E VAMOS RESTAURAR A REPUTAÇÃO, A HONRADEZ, A CREDIBILIDADE DE NOSSA OAB/PA.

VOTE COM CERTEZA. VOTE NA CHAPA 2 - AVELINA E SERRÃO!

CONTRA A FRAUDE E A MANIPULAÇÃO. EM DEFESA DA ÉTICA NA OAB-PARÁ.

Aos advogados e Advogadas do Pará

Desde o início do processo eleitoral, diversas representações e recursos - todos obstruídos na sua tramitação - foram propostos para denunciar o abuso do poder econômico e político por parte do atual presidente e candidato à reeleição, Jarbas Vasconcelos, pelo uso dos bens, serviços e funcionários da OAB-PA em favor da chapa situacionista.

Se não bastasse, após a publicação no site da OAB-PA da listagem provisória dos votantes, em 26 de outubro passado, a Chapa Pela Honra. Pela Ordem tentou, sem sucesso, obter a listagem definitiva do colégio eleitoral integrado pelos advogados que regularizaram sua situação financeira até o dia 21 de outubro, portanto, os aptos a votar, nos termos do art. 3º, § 2º, letra c, combinado com o inciso VII, do art.12, do Provimento 146/2011 do Conselho Federal.

A não publicação da listagem definitiva, na véspera da eleição, colocou sob suspeita a integridade do colégio eleitoral e em risco todo o processo eleitoral, diante da possibilidade de manipulação por parte do atual presidente, candidato à reeleição, haja vista que no período de 23/10/2012 a 19/11/2012, de defeso eleitoral, ocorreram 2.293 (dois mil, duzentos e noventa e três) pagamentos de anuidades, desconhecendo-se as condições em que os mesmos foram efetuados, ou se os referidos nomes constam ou não do colégio eleitoral, maculando a lisura das eleições.

Diante da gravidade destes fatos, a Chapa PELA HONRA. PELA ORDEM impetrou um mandado de segurança, cuja liminar foi deferida pelo Juiz Federal da 5ª Vara, a exemplo de outras Seccionais, para que no prazo de 48 (quarenta e oito) horas seja publicada a lista definitiva dos advogados aptos a votar sob penas da “aplicação das cominações administrativas e criminais cabíveis”, assim como a suspensão da eleição pelo prazo de 72 (setenta e duas) horas.

Logo, o supedâneo jurídico, ético, moral e democrático da medida heróica foi garantir a transparência e a igualdade de oportunidades entre os candidatos ao pleito eleitoral da OAB-PA, seriamente ameaçadas pelo atual presidente e candidato à reeleição, Jarbas Vasconcelos, que pretende se reeleger, violando todos os princípios que devem nortear as eleições sérias neste país. 




CHAPA PELA HONRA. PELA ORDEM

AVELINA HESKETH – Presidente       OSVALDO SERRÃO - Vice
 

terça-feira, 20 de novembro de 2012

A Chapa 2 está pronta para vencer!

Avelina Hesketh
A Chapa “Pela Honra. Pela Ordem”, em resposta as declarações veiculadas nos espaços midiáticos, vêm a público informar que está apta a disputar a eleição que será realizada amanhã, quarta-feira, dia 21 de novembro. Constando inclusive na cédula já confeccionada pela Comissão Eleitoral, e distribuída em todos os 60 locais de votação, 30 deles no interior do Estado.


Para esclarecimento aos colegas advogados, a Chapa “Pela Honra. Pela Ordem” informa que protocolou tempestivamente seu pedido de registro, totalizando 79 (setenta e nove) advogados, e, destaca-se que tais informações como outras atitudes com o propósito de adiar as eleições tem gerado tumulto.

Diante de tais fatos e tendo em vista o princípio da lealdade que os advogados devem ter uns com os outros, é que prestamos estas informações, conclamando os colegas a sufragarem na verdadeira chapa de oposição, a Chapa 02, “Pela Honra. Pela Ordem”. 

Avelina Hesketh concede entrevista para a Rádio Liberal CBN



A candidata à presidência da OAB/PA, Avelina Hesketh, concedeu uma entrevista para o jornal da Rádio Liberal CBN (AM 900 KHz), na manhã desta terça-feira (20).

A advogada, que liderada a Chapa 2, “Pela Honra. Pela Ordem”, segue firme com seus trabalhos rumo a grande vitória! A eleição será manhã, dia 21, das 9h às 17h. 

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Avelina Hesketh - Manifesto aos Advogados Paraenses

MEUS QUERIDOS ADVOGADOS

Avelina Hesketh
Quando se instalou a crise de credibilidade da OAB/PA, um grupo de advogados comprometidos com a instituição organizou o Movimento “Pela Honra. Pela Ordem” com a finalidade de soerguê-la. Desse Movimento nasceu a Chapa “Pela Honra. Pela Ordem” e, atendendo ao apelo de centenas de colegas, aceitei encabeçá-la, juntamente com o colega criminalista Osvaldo Serrão.

Realizamos uma campanha séria e comprometida com os ideais da OAB. Levamos nossa mensagem a milhares de colegas durante as panfletagens, nos fóruns e nos escritórios. Visitamos todas as subseções e sentimos de perto as dores e o abandono dos advogados do interior. Recebemos a cada dia centenas de adesões e manifestações de apoio.

Foi imensamente gratificante o nosso trabalho. Fomos recebidos com fidalguia, carinho e apoio. Trocamos experiências e sentimentos. Tivemos a oportunidade de escutá-los em suas ideias e reivindicações sobre as quais foi elaborado nosso Plano de Trabalho - que não tem ponto final em face da dinâmica da vida e da advocacia - e assumimos o compromisso de cumpri-lo, através de uma gestão democrática, de portas e corações abertos a todos os advogados e cidadãos, porque a OAB é também a Casa da Cidadania.

Estou aqui, queridos colegas, para escrever por mais uma vez, um capítulo da história da nossa OAB/PA, e colocar a minha alma e minha vida a serviço da advocacia do nosso estado,  que nesse momento exige uma presidência que reúna competência, experiência, maturidade, equilíbrio, firmeza, solidez, dinamismo, fraternidade e sentimento de união, tudo isso aliado a ideias novas e empreendedoras, comprometidas com o resgate da instituição e dos direitos dos advogados.

Registrando os meus agradecimentos a todas as manifestações de carinho e apoio recebidas durante a campanha, peço o seu VOTO DE CONFIANÇA para a CHAPA 2, “PELA HONRA. PELA ORDEM”.

Afetuosamente.
 
AVELINA HESKETH